Ir pra o conteúdo principal
Compre via WhatsApp(11) 97227-5917
Televendas(11) 4280-9144
Banner principal - Verão da gente
Banner principal - Verão da gente

VERÃO DA GENTE

Na estação mais iluminada do ano, vamos nos reunir do lado de fora e criar novas conexões com o espaço de casa. Convidamos 3 artistas contemporâneos para desenvolver uma coleção de verão. Cada história se traduz em peças feitas para aproveitar a vida solar, da varanda ao jardim.

Foto DENILSON BANIWA

DENILSON BANIWA

Na coleção “Dabukuri Piracema”, o artista apresenta os Dabukuris, festas realizadas pelos peixes encantados no mundo submerso dos rios e lagos. Histórias contam que pescadores e indígenas são convidados a mergulhar e viver por alguns dias na vida do mundo aquático. Após a festa, o convidado pode escolher se casar com alguém do mundo submerso e virar peixe para sempre, ou voltar ao mundo terrestre.

Foto DENILSON BANIWA

DENILSON BANIWA

Na coleção “Dabukuri Piracema”, o artista apresenta os Dabukuris, festas realizadas pelos peixes encantados no mundo submerso dos rios e lagos. Histórias contam que pescadores e indígenas são convidados a mergulhar e viver por alguns dias na vida do mundo aquático. Após a festa, o convidado pode escolher se casar com alguém do mundo submerso e virar peixe para sempre, ou voltar ao mundo terrestre.

Foto AUÁ MENDES

AUÁ MENDES

Em “Tigaití” (“cobra” em Pirarrã, língua da família Mura), a artista reúne universos de forças ancestrais diversas. Com cores vivas e estimulantes, Auá cria um mundo mágico nas suas estampas através da representação de seres encantados como a cobra, a peixe-mulher e o muraquitã.

Foto AUÁ MENDES

AUÁ MENDES

Em “Tigaití” (“cobra” em Pirarrã, língua da família Mura), a artista reúne universos de forças ancestrais diversas. Com cores vivas e estimulantes, Auá cria um mundo mágico nas suas estampas através da representação de seres encantados como a cobra, a peixe-mulher e o muraquitã.

Foto AISLAN PANKARARU

AISLAN PANKARARU

Para criar “Anti-hesitação”, o artista resgatou suas raízes através da expressão em telas e papel. Antes de se tornar médico, precisava colocar para fora a saudade que sentia do bioma onde cresceu: a caatinga. Seus traços fortes e fluidos marcam a estampa, combinando cores sóbrias com toques do vermelho e do azul.

Foto AISLAN PANKARARU

AISLAN PANKARARU

Para criar “Anti-hesitação”, o artista resgatou suas raízes através da expressão em telas e papel. Antes de se tornar médico, precisava colocar para fora a saudade que sentia do bioma onde cresceu: a caatinga. Seus traços fortes e fluidos marcam a estampa, combinando cores sóbrias com toques do vermelho e do azul.

Crie o verão do seu jeito em casa

Aproveite seus momentos de sol com a gente, seja na piscina, no jardim, na mesa com os amigos ou nos momentos de descanso.

Um mergulho lá fora - ConfiraSeu Jardim dentro de casa - ConfiraAutocuidado em todos os ambientes - ConfiraPara receber os amigos na área externa - Confira
TODOS OS PRODUTOS